14/06/2012

Hitler, e sua conexão com a sociedade secreta Thule


Tais teorias, acreditam que Adolf Hitler, tenha sido membro de uma seita ocultista. Com o nome original de Thule-Gesellschaft, seita de origem alemã, criada em 1918 por Rudolf von Sebottendorff, um homem com amplos conhecimentos em alquimia, misticismo, e ocultismo. A seita trouxe novamente para a humanidade
conceitos e pensamentos antigos e ocultos que foram esquecidos nos tempos da inquisição pela igreja romana, e além disso dedicava-se a questões políticas para fortalecer-se diante a sociedade em todos os meios possíveis.
Uma das crenças desta seita era o vínculo dos hiperbóreos à raça ariana, acreditavam que quem era desta "raça pura" possuí-a poderes ocultos relacionados a energias como o chákra. E também da possível comunicação dessas pessoas com entidades espirituais que os auxiliavam e indicavam-os a dominação mundial. Muitas dessas crenças baseavam-se na antiga “Ordem do Vril”, de origem indiana. Ordem esta que acreditava na grande energia interior oculta armazenada por todos seres humanos, e venerava o sol de um modo parecido com o que os nazistas se cumprimentavam.

Além das tais crenças, os "Vrils" tinham seus templos decorados com o símbolo da suástica(símbolo usado pelos celtas, astecas, e egípcios...). A Suástica sendo um símbolo místico que representado no sentido horário simboliza algumas virtudes e conceitos tais como: O poder, a estabilidade, e a evolução.
A suástica nazista supostamente teve sua origem através desta sociedade secreta, que Hitler supostamente foi membro(ou apenas um admirador da seita), tudo devido ao fascínio de Hitler com o misticismo e o ocultismo.

As teorias mais interessantes são de que Hitler participava de reuniões que debatiam, e formavam idéias baseadas em principios anti-semitas e anti-raciais. Tais idéias vieram a fortalecer o nazismo.
A Alemanha nazista adotou essas crenças e as semeou pela sociedade alemã. Mantinha um grande contato com as entidades espirituais, que o auxiliavam nas conquistas de seus propósitos, e em troca oferecia a alma dos "povos impuros" a esses seres espirituais, sacrificando-os.


O nazismo passou a ser representado com a suástica invertida, simbolizando todas as forças obscuras e malígnas, como forma de adorar as divindades espirituais que os ajudariam a conquistar as naçoes, a "purificação mundial". A dominação da raça ariana sobre o mundo.



Um comentário: